RITO RELIGIOSO ÇAIRÉ

É o grupo formado por jovens, adultos e pessoas da terceira idade da vila de Alter do Chão, que participa de um amplo repertório de práticas orais, musicais e de dança, ritmando a experiência e a expressão do sagrado na celebração do Çaíré a mais de 300 anos, segundo a professora Luciana G. de Carvalho, no livro "Festa do Çairé de Alter do Chão", editado pela Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) (Santarém, 2016).

IMG-20210530-WA0031.jpg

Significado do Rito

O Rito Religioso do Çairé é a essência vital da festa mais antiga da Amazônia brasileira, mantendo uma tradição de mais de 300 anos. Atualmente, o Rito é composto por foliões, mordomos, rezadeiras, juízes, procuradores e procuradeiras, sendo necessário oficinar e propor ações para atrair novos e jovens participantes.

 

Entretanto, participar do Rito não é apenas tocar, é uma devoção à cultura ancestral, sendo uma resistência do popular. Para este tipo de trabalho é necessário Mestre habilitad@ e consciente do que é esta essência.

Oficinas

As ferramentas de produção musical profissional utilizadas foram as oficinas de técnicas de execução musical, ministradas pelo músico profissional Helder Gama (Catraca). O canto, a música, o instrumento, a performance e a gravação foram temas abordados.

As oficinas foram realizadas de forma presencial, no Espaço Cultural E UKARA WASÚ (espaço de arte milenar), com a dinâmica de troca de experiências e conhecimentos adquiridos ao logo das práticas culturais tradicionais e contemporâneas. 

IMG_20210621_153859.jpg
IMG_20210618_154505_edited.jpg

A gravação

Após as oficinas, foi produzida a gravação musical de MACUCAUA do Rito Religioso do Çairé e Helder Gama, no Espaço Cultural Karaçu, pelo Estúdio Júnior Mídias.

MACUCAUA Rito Religioso do Çairé e Helder Gama

Veja aqui as fotos e vídeos do processo criativo do projeto Rio Acima com Rito Religioso do Çairé:

Conheça os relatos do Professor Jackson Rego Matos sobre o Rito Religioso do Çairé:

https://o-boto.com/blog/csaire-2019-sem-palavras

https://o-boto.com/blog/saire-a-verdadeira-resistencia